Inicial Expediente Lançamentos Edição Atual Colunistas Classificados Edições Anteriores
  Buscar no Site
 
 
      






 Edição: 94 - Ano 07
Notícias do Mercado
Casa Cor Paraná
Imóveis em terrenos estreitos
Mostra Mueller
 Anunciantes
  Bimys
  Casa na Praia
  DACOM
  Global Trace
  Grameira Ajagramas
  Graniti
  Habit Adm. Condomínios
  Imobiliária Razão
  Kapachos Kapazi
  Lembranças do Paraná
  Leroy Merlin
  Mãos Sem Fronteiras do Brasil
  Moda para Janelas
  Montare
  Ossário
  Rede Solidária
  Sapataria Farias
  Studio de Arquitetura
  Teck & Flex
  TeleSete
  Viver Sports
 
 :: Escolha
Bancada da cozinha pode facilitar trabalho do dia-a-dia - Jornal Construção & Cia
  Bancada da cozinha pode facilitar trabalho do dia-a-dia
  A escolha adequada dos materiais para a pia e bancada da cozinha torna o ambiente prático e confortável. Conheça as tendências e saiba qual material se encaixa com suas necessidades.
   
 
   
 
A cozinha precisa ser um ambiente prático e ao mesmo tempo aconchegante. Quando se está construindo ou reformando uma residência é preciso analisar com cuidado as escolhas dos materiais para serem usados na pia e na bancada da cozinha. “Investir nesses dois itens deixa as tarefas do cotidiano muito mais práticas”,afirma o arquiteto Frederico Carstens, da Realiza Arquitetura. A extensa variedade de itens permite combinar aço inox, pedras naturais e sintéticas, madeira, ou deixar a bancada e a pia do mesmo material. É possível comprar peças específicas em lojas de material de construção ou especializadas e criar uma cozinha de acordo com as necessidades pessoais. O arquiteto explica que cada material usado em pias e a bancadas tem vantagens e desvantagens que devem ser bem analisadas antes da instalação. Ao observar qual combina mais com a decoração e agrada aos olhos do cliente e do bolso também, certos cuidados devem ser tomados. Mármore e granito Esses são os preferidos quando o assunto em questão é a estética. “A beleza, praticidade, higiene e opções de cores são algumas das vantagens obtidas com o uso de mármore e granito em projetos de cozinhas”, diz Paulo Roberto Cardoso, gerente da Graniti Mármores e Granitos, há 10 anos no mercado e que possui um parque fabril em uma área de 25.000 m², localizado em Quatro Barras. Segundo Carstens, o mármore e granito têm baixa absorção de água e pouca porosidade sendo mais indicados para bancadas. Ele ainda dá uma dica importante ”antes do uso, aplique hidrorrepelentes, que pode ser comprado em lojas de construção”. Quando começar a usar e poças d’água surgirem depois de lavar louça, retireas com um rodo de pia e depois passe um pano seco para evitar o desgaste. Na opinião do gerente da Graniti, o granito é mais recomendado. “Indicamos o granito aos nossos clientes, pois os mármores, por serem rochas calcáreas, estão sujeitos a infiltrações e manchas causadas pelo manuseio de produtos, como óleos, limão e café, com maior facilidade”, explica Cardoso. Quanto à limpeza desses materiais, a recomendação é a utilização de água e detergente neutro, preferencialmente de coco, além dos produtos desenvolvidos especialmente para essa finalidade. “Orientamos para que o cliente passe uma cera própria a cada seis meses. O uso intenso de detergente e sabão, além da gordura que cai sobre a pia e bancada, causam desgaste no material Assim, o cuidado diário e a manutenção renovam o brilho da peça”, afirma Alair Zanelatto Gonçalves, gerente da Margon Mármores e Granitos. Atualmente, a tendência é a utilização de cores claras. As pedras beges e brancas (marfim, itaúna e ceará) estão em alta. “A cor do granito e do mármore acompanham o mercado. Hoje, as cozinhas recebem armários brancos, com puxadores cromados, então a bancada e a pia seguem esse padrão”, acrescenta Alair Gonçalves. Entretanto, Cardoso ressalta que a cor preta continua clássica. “Além das cores claras, ainda há a preferência pelo preto”, comenta ele.