Inicial Expediente Lançamentos Edição Atual Colunistas Classificados Edições Anteriores
  Buscar no Site
 
 
      






 Edição: 24 - Ano 02
Notícias do Mercado
Menos gastos no condomínio
Mudar ou não mudar
Bom, bonito e barato
Evoluções do Ar Condicionado
Verde é a tendência
Modernidade sem fio
Mais chance de retorno
O meio ambiente e a ética
Como "ampliar" espaços
Comportar em entrevistas
Comunicação Pessoal
 Anunciantes
  Base Forte Arte em Concreto
  Braslight
  Budel Engenharia
  Celulares Tim e Vivo
  Certa Egenharia
  Duplo 7 Indústria do Design
  Engeplas - Engenharia
  Engevidros
  Golaço - Duarte Ferro e Aço
  Graniti Mármores e Granitos
  J. Mattos Construção Civil
  Mundi Plásticos
  NovaTherm - Aquecimento
  Palpite de Arquiteto
  Praia - Aluga-se
  QIdéia - Viabilizando Idéias!
  Schulmeister Arquitetura
  Telhas Biancolini Poliuretano
  Tubolar
  Versátil - Andaimes
 
 :: Decoração
Como "ampliar" espaços pequenos - Jornal Construção & Cia
  Como "ampliar" espaços pequenos
  Decoração ajuda a dar a sensação de que o ambiente é maior do que realmente é
   
 
Medir os cômodos, tamanho dos móveis e planejar a disposição deles são algumas tarefas essenciais para aqueles que querem decorar espaços pequenos. A escolha do mobiliário e até das cores deve ser criteriosa para não deixar o imóvel parecendo que é ainda menor. Especialistas aconselham a utilização de persianas, pisos em tons neutros, espelhos e muita luz para que o imóvel ganhe dimensões e passe a sensação de ser maior. Para o arquiteto Luiz Mori Neto, a pessoa deve se preocupar bastante com a escolha do mobiliário, que muitas vezes não pode ser reaproveitado de um imóvel para outro. "As dimensões dos móveis são itens fundamentais para espaços reduzidos, que muitas vezes têm que ser desenhados e adaptados para este novo ambiente", diz. A quantidade de peças também é importante é deve ser a menor possível. O morador deve adquirir artigos multifuncionais, como um sofá que vira cama ou um pufe que pode servir de apoio de pé, bandeja e até de banco para quando a visita inesperada chegar. "As peças devem ser bem dimensionadas e a quantidade tem que ser a menor possível. Os proprietários querem colocar muitos artigos e isso deixa o ambiente sem espaço para locomoção", adverte a arquiteta Rosa Dalledone. Já a engenheira civil Margit Soares aconselha a utilização de cores claras nos móveis. "Sofás, mesas etc. têm que ser claros e as tonalidades mais escuras devem ser utilizadas em objetos pequenos como quadros e mesinhas", sugere. Uma outra forma de tornar o ambiente mais espaçoso é a integração de cômodos. "Os espaços quanto mais abertos mais agradáveis são. Está em moda a prática de quebrar paredes e deixar os imóveis pequenos com aspecto de lofts. A união de uma cozinha com uma sala ou a eliminação de um quarto muito pequeno são exemplos interessantes", aponta a arquiteta Renata Zeny. As cores também são importantes em imóveis pequenos. As claras são indicadas porque ajudam a ampliar e a maximizar o espaço. "As cores mais claras passam uma sensação de espaço amplo e devem ser utilizadas nas paredes. Já as fortes devem ser destinadas aos detalhes de objetos ou tecidos", comenta Zeny. Já para Luiz Mori, as cores fortes podem ser utilizadas em uma parede."Os tons neutros são mais utilizados e podem predominar. Em uma parede ou outra os tons fortes devem ser usados para emoldurar o espaço e ajudar na decoração". Outra dica é a utilização de espelhos, que, bem colocados, aumentam a sensação de espaço e neste caso ele pode estar em qualquer cômodo da casa."É indicado usar os espelhos em qualquer ambiente ou até fazer uma parede de espelhos quadriculados ou retangulares para dar a sensação de continuidade do espaço", comenta o arquiteto.
 
A importância da luz
A iluminação é um artifício muito importante na decoração dos imóveis pequenos e na maneira como podem parecer maiores. Podem ser utilizadas luzes de várias cores e também a natural. Todas aumentam o "alto astral" do imóvel e, segundo especialistas, a mistura entre elas é muito importante. "A iluminação é fundamental e a luz sempre dá a sensação de amplitude e de aconchego. A escolha delas também deve ser bem analisada. A natural sempre deve ser utilizada e, dependendo do objetivo, aconselho a amarela, que é mais calorosa", sugere Luiz Mori Neto.